Viola Amarantina

Viola Amarantina brilha no Uruguai com Rui Fernandes

Rui Fernandes foi um dos convidados para atuar no Festival Internacional de Guitarra de Maldonado, no Uruguai, que aconteceu de 16 a 19 de Novembro.

O músico apresentou algumas composições do seu mais recente trabalho “A Viola Amarantina”, uma homenagem a este instrumento de cordas originário de Amarante e também chamada de viola de dois corações devido às duas aberturas frontais em forma de coração.

O músico de Vila Real apresentou a versatilidade deste instrumento tradicional, interpretando composições que vão desde a música erudita, ao jazz, até à música popular portuguesa.

O Festival Internacional de Guitarra de Maldonado contou também com o americano David Chapman em alaúde renascentista, a francesa Gaëlle Solal e Sergio Fernandez do Uruguai na guitarra clássica.

O Embaixador de Portugal no Uruguai esteve presente num dos concertos de Rui Fernandes, assim como a imensa comunidade Açoriana que vive em Maldonado.

A viola amarantina foi a estrela neste Festival, suscitando a curiosidade do público que ficou rendido à sonoridade “aveludada” deste instrumento e da sua extraordinária versatilidade.

Rui Fernandes comprovou mais uma vez que a viola amarantina não pode nem deve ficar “refém” do rótulo colado à música tradicional. É uma viola portuguesa para ser útil à música do mundo.