fbpx
Curso Enfermagem Reabilitação

Curso Enfermagem Reabilitação acreditado pela Ordem dos Enfermeiros

A Ordem dos Enfermeiros acreditou, para efeitos de Qualificação Profissional, o I Curso de Atualização em Enfermagem de Reabilitação, organizado pelo Núcleo de Enfermeiros de Reabilitação do Centro Hospitalar Tâmega e Sousa (NER-CHTS).

Esta é a primeira vez que um grupo de enfermeiros de uma Instituição/Unidade de Saúde submete uma candidatura, sob a forma de ação de formação, ao processo de Acreditação e Creditação de Atividades Formativas da Ordem dos Enfermeiros e a obter a acreditação com a atribuição de 2.5 Créditos de Desenvolvimento Profissional (CDP), com data de início de 6 de outubro de 2021 até 6 de outubro 2023.

O curso decorreu entre 6 de outubro e 22 de novembro e, inicialmente pensado para 30 vagas que rapidamente se esgotaram, os enfermeiros estão já a ponderar uma segunda edição para o próximo ano civil.

Dirigido a enfermeiros especialistas em Enfermagem de Reabilitação, frequentaram o curso treze enfermeiros do CHTS, quatro do Centro Hospitalar Universitário do São João, dois do Centro Hospitalar Dr.º Francisco Zagalo, dois do Centro Hospitalar da Póvoa de Varzim/Vila do Conde, um do Centro Hospitalar Universitário do Porto, um do Centro Hospitalar Trás-os-Montes e Alto Douro, seis dos Agrupamentos de Centros de Saúde do Baixo Tâmega, Tâmega I, Tâmega II Vale do Sousa Sul, Tâmega III, Alto Tâmega e Barroso e um de Estrutura Residencial para Pessoas Idosas do Centro Paroquial de Moreira de Cónegos.

Tratou-se de um grupo bastante heterogéneo e o Núcleo de Enfermagem ressalva ainda “a sua experiência profissional na especialidade muito ímpar, com uma média de sete anos e a exercer funções nos mais variados contextos da prática clínica e do ciclo de vida da pessoa”.

A ação de formação assentou em módulos de formação teórico-práticos e prática simulada, entre os quais, investigação, reabilitação respiratória, neurológica, ortotraumatológica, cardíaca, pediátrica e no doente crítico.

Lecionado em regime de B-Learning, as sessões presenciais decorreram no Hospital de São Gonçalo, em Amarante, foram abordados temas de maior relevo, baseados na evidência científica atual e fundamentais para a prática clínica do Enfermeiro Especialista de Enfermagem de Reabilitação (EEER).

Assim, e de acordo com o grupo coordenador do NER-CHTS, “face às mais variadas exigências da sociedade em geral, no que respeita a cuidados de enfermagem e mais concretamente cuidados de enfermagem de reabilitação, proporcionou-se aos EEER um nível de conhecimentos e cuidados diferenciados, com vista aos processos de tomada de decisão relativos à promoção da saúde, prevenção de complicações, tratamento e reabilitação, bem como maior autonomia para conceber, implementar e monitorizar planos de enfermagem de reabilitação, baseados nos problemas reais e potenciais das pessoas”.

Tratou-se, por isso, de um curso inovador, que sem dúvida contribuirá para a melhoria de cuidados prestados pelo EEER, com manifesto impacto nos ganhos em saúde da pessoa.
Como forma de dinamizar, potenciar e garantir a credibilidade que se impunha na realização do Curso, o NER estabeleceu parceria técnico-científica com o CHTS, Serviço de Ensino Formação e Investigação do CHTS, Associação Portuguesa de Enfermeiros de Reabilitação e ainda com a Ordem dos Enfermeiros.