Obesidade, 11 ventiladores, CHTS disponibiliza aplicação, Pneumologia e Nefrologiado

Maternidade do CHTS com média recorde de partos no mês de setembro

A maternidade do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS), localizada no Hospital Padre Américo, em Penafiel, alcançou, em setembro, uma média recorde de partos.

No primeiro semestre de 2021, houve uma quebra no número de nascimentos a nível nacional, entre 17 a 20 por cento. No entanto, para o CHTS, o mês de setembro faz prever um segundo semestre bastante promissor ao nível da natalidade.

Em setembro, houve vários dias em que foram registados 14 a 17 partos diários. Nos meses anteriores a setembro, a média diária situava-se entre os 5 a 6 partos diários.

Em junho, último mês do primeiro semestre, nasceram 174 bebés e, em setembro, o número de nascimentos foi de 215.
Entre janeiro e junho de 2021, foram realizados 912 partos.

A maternidade do Hospital Padre Américo, além de ser uma das maiores do país, com mais de dois mil nascimentos anuais, é também uma das maternidades com melhor desempenho no que se refere ao número de cesarianas realizadas.

A opção por um parto por cesariana acarreta muitos mais riscos para a criança e para a mãe, nomeadamente o de morte materna que é entre duas a quatro vezes superior ao de um parto vaginal.

Recorde-se que a maternidade está já a funcionar nas novas instalações da área materno-infantil. As obras de remodelação, cujo valor de investimento foi de cerca de 155 mil euros, implicou a realização de obras no piso 6 e introdução de novos equipamentos, passando a garantir instalações mais modernas no internamento e uma hotelaria mais agradável e próxima de outras maternidades mais recentes.

Cada quarto tem agora somente duas camas, o que significa uma melhoria do conforto e privacidade para pais e bebés, aliando a competência técnica dos profissionais ao bom acolhimento às novas mães e familiares.