fbpx
Festivallis

Festa animada alavanca Festivallis em Vila Meã

A 2ª edição do Festivallis terminou em apoteose, bastante apreciada por todos, e com um impacto muito positivo e motivador, revelaram ao Jornal de Vila Meã os responsáveis do Grupo de Jovens Vallis, promotores da iniciativa.

“Foram três noites inesquecíveis, que também não eram possíveis sem o apoio da Junta de Freguesia de Vila Meã, da comunidade vilameanense e dos nossos patrocinadores”, comentaram os responsáveis Grupo Vallis, considerando que este foi um dos maiores desafios daquele grupo de jovens de Real, Vila Meã.

A 2ª edição do Festivallis decorreu durante o passado fim-de-semana, 27 a 29 de agosto, na EB 1 Santa Comba-Real, em Vila Meã, cumprindo as normas da DGS, e registou nos três dias casa repleta.

“Deixamos também uma palavra de gratidão para todos os artistas presentes nesta edição do Festivallis e desejamos-lhe muita sorte nas suas carreiras musicais e ainda para a comunidade que aderiu em massa nos três, estando todos os lugares ocupados em certos momentos em cada uma das noites”, realçam os responsáveis do grupo jovens.

Este evento que, revelam, demorou meses a preparar, tinha como um dos principais intuitos promover os artistas locais.

Assim, ao longo dos três dias, passaram pelo palco do Festivallis vários artistas da terra, nomeadamente Ana Isabel, Ana Flor, Banda Mariopresso, Marotos da Concertina, a dupla Rafael e Juliana, Grupo de Cavaquinhos de Vila Meã, Laura Miranda e ainda a dupla de artistas Alice e Zé.

“Chegou ao fim um dos maiores desafios do Vallis, porventura o maior, constituindo um desafio que demorou meses a preparar e que trouxe com ele imensos obstáculos, mas conseguimos dar a volta por cima e no fim foi incrível”, destacam.

O Grupo de Jovens Vallis adiantam que esta iniciativa veio para ficar e para o ano o Festivallis está de volta.