fbpx

Mecurito no melhor dos automóveis clássicos em Vila Meã

Tudo começou no seio familiar, pelo guindar do sonho, de uma paixão e pela frequência em Salões de Clássicos e dos Convívios que o empresário José Pinheiro frequentava.

Em novembro de 2011 deu-se forma a esse sonho e nasceu, na Rua das Árvores, Vila Meã, a Mecurito – Autoclássicos, uma oportunidade para admirar uma estupenda montra que não passa despercebida aos amantes de veículos clássicos.

A partir de então passou a existir na região um espaço de referência no sector automóvel, juntando o conhecimento e a paixão pelos clássicos.

Pedro Pinheiro e Celma Pinheiro são irmãos e sócios da Mecurito e confidenciaram que este projeto se concretizou pela vontade passada pelo pai, José Pinheiro, e por ser já um hobby da família.

Numa conversa do Jornal de Vila Meã com estes dois empreendedores, foi possível ficar a conhecer melhor o conceito da empresa, o mercado em que atuam, os sonhos e os projetos futuros que terão, certamente, impacto no desenvolvimento económico de Vila Meã e de todo o concelho de Amarante.

A abertura de uma “Boutique de Clássicos”, permitiu expor e comercializar uma gama alargada de viaturas automóveis, motociclos, motos, vespas, e também alguns acessórios.

Contudo, esta casa vai muito mais além do que a comercialização de veículos clássicos. A Mecurito – Autoclássicos tem a capacidade de oferecer ao cliente um vasto leque de serviços que vão desde a importação e exportação de veículos automóveis, bem como todo o tipo de veículos motorizados, seja barcos de recreio, velocípedes com e sem motor, motos e motociclos, reboques e atrelados, caravanas e autocaravanas.

Na Mecurito é possível, a todos os proprietários de veículos clássicos, encontrarem um espaço de confiança e que assegura também todo o tipo de reparação dos veículos.

Esta empresa vilameanense presta ainda o serviço de aluguer de veículos para casamentos, eventos, publicidades, transfers, realizações cinematográficas, driving experiences e passeios turísticos na rota do vinho verde.

Um clássico remete, normalmente, para algo marcante, que tem uma história, simbolismo, e que não passa de moda. Talvez por isso faça sentido um dos slogans que representam este negócio de família: “Invista no Passado, garantindo o Futuro”.
Pedro Pinheiro admite que “mais que um luxo ou uma moda, os veículos clássicos são garantidamente um investimento seguro, alvo de uma constante valorização que nos últimos anos atingiu os 300%”.

Quem procura uma experiência com um veículo clássico tem disponível nesta boutique uma frota de aluguer constituída por 23 veículos clássicos.

“São veículos exclusivos de aluguer e que dão brilho a qualquer evento, por isso é que apostamos noutro slogan para a Mecurito, e que faz todo o sentido para nós: “’Alugue um sonho’”, explica Pedro.

Apesar de todos os serviços disponíveis neste espaço em Vila Meã, a empresa pensa mais à frente e estuda estratégias possíveis de desenvolver-se e evoluir ainda mais.

Nesse sentido, a Mecurito tem como estratégia para a próxima década um projeto que visa alargar os seus serviços a novas valências e por consequência potenciar o crescimento e desenvolvimento do território a partir de Vila Meã, nomeadamente nas áreas da Cultura, Desporto, Gourmet e Turismo.

Celma Pinheiro, sócia da Mecurito, explica que esta estratégia “passará pela criação de um empreendimento cujo objetivo é agregar todas essas áreas”.

Desta forma, na área da cultura, o objetivo será “a existência de um museu de veículos clássicos, com exposição rotativa”. Mas, o empreendimento, “terá ainda outras alas para as mais variadas exposições de arte, como por exemplo pintura, escultura, literatura, fotografia”, dá conta Celma Pinheiro.

O empreendimento estará habilitado para organizar concentrações e desfiles de veículos clássicos, cuja estratégia é atrair aficionados, nacionais e internacionais, da modalidade que “certamente poderão ficar alojados nos players e parceiros hoteleiros desenvolvendo a economia da região”.

O espaço idealizado pelos dois irmãos está ainda pensado para ser dotado de um recinto de Paddle e um Campo de Ténis, podendo assim associar o lazer desportivo e o bem-estar daqueles que o procurem.

Aliado a todas estas áreas, no futuro equipamento constará um Restaurante e Bar onde poderão ser “organizados eventos, jantares, degustações dos mais variados Chefes ou Produtos, no sentido de proporcionar festas temáticas”, acrescenta a sócia da Mecurito.

Na área do turismo, e no seguimento do que já acontece atualmente, onde já existem sinergias com alguns Players do Turismo dentro do concelho de Amarante, o propósito com a criação deste empreendimento é “alargar a outros grupos geograficamente próximos, no sentido de proporcionar experiências conjuntas que incluam o aluguer de veículos clássicos juntamente com um guia-motorista especializado em enoturismo, que possibilite passeios pela Rota do Vinho Verde e pela Rota do Românico”.

Concretizado, este será um espaço multifacetado, único e diferente, que impulsionará a economia e o desenvolvimento de Vila Meã, de Amarante e de todos os concelhos limítrofes.

O equipamento estará adaptado para que seja possível realizarem-se leilões de veículos clássicos, bem como de outras peças de arte.
Se todos estes serviços que o projeto pensado pela Mecurito – Autoclássicos seriam mais que suficientes para alavancar o território de Vila Meã, Celma Pinheiro surpreendeu ao dilucidar que o empreendimento terá ainda a capacidade para “alugar espaços de armazenamento e manutenção das viaturas de colecionadores e que seja capaz de assegurar os cuidados necessários para que os veículos estejam sempre prontos a circular”.

Segundo a sócia da empresa, esta ideia surge pelo “grande défice do mercado em haver um local onde seja possível aos colecionadores armazenarem as suas viaturas clássicas.

Celma Pinheiro admite que a estratégia da empresa passa por “pensar numa solução global que, garantidamente, vai ajudar ao desenvolvimento económico e territorial a partir de Vila Meã”.

Por todos os fatores mencionados pelos sócios da Mecurito, a criação de um empreendimento desta envergadura vai muito mais além da atração turística e cultural. É, sem dúvida, uma estratégia económica que resultará na criação de múltiplos postos de trabalho e que atrairá mais investidores para freguesia de Vila Meã e, por conseguinte, para a cidade de Amarante.

Esta empresa de veículos motorizados, sediada na freguesia de Vila Meã, cumpre assim um sonho de família, projetando um futuro promissor, inovador em toda a região do Tâmega e Sousa e capaz de proporcionar experiências diferenciadoras.