fbpx
Jorge Ricardo

Perspetivas de crescimento populacional numa freguesia em desenvolvimento

Temos por certo, segundo o que adiantou o presidente da Junta, que Vila Caiz muito se desenvolveu e cresceu na última década. A crescente construção de habitações é notória. António Jorge Ricardo diz que “nesta última década há mais de uma centena de habitações novas na freguesia”. Contudo, adianta que a maioria continua desabitada, “que são de emigrantes”, por isso “é necessário, com outras políticas, atrair essas pessoas, fazer com que elas regressem. É importante criarmos emprego para que possam voltar e fixarem-se cá e nesse sentido o município de Amarante está a seguir um bom caminho”.

Outra das preocupações da Junta de Freguesia de Vila Caiz, e, por conseguinte, da Câmara Municipal de Amarante, é a questão da educação.

A freguesia de Vila Caiz é de modo geral bem-dotada ao nível da rede escolar, em diversos graus de ensino. Tem oferta de Jardim de Infância e escolas para o 1º, 2º e 3º ciclos.

A obra de renovação, levada a cabo pela autarquia de Amarante, da EB1 da Igreja foi um dos projetos que, de acordo com as palavras de António Jorge Ricardo, lhe trouxe uma grande satisfação.

O principal objetivo foi o de dotar esta escola de todas as condições técnicas e pedagógicas, tornando o edifício mais funcional e confortável.

O autarca recordou, com nostalgia, a inauguração da escola após esta requalificação. “A inauguração desta escola coincidiu com o meu ingresso no 3º ano de escolaridade. Por isso, passados mais de 30 anos, estar na qualidade de presidente de Junta de Freguesia e ver esta escola toda requalificada, traz-me muita satisfação e alguma carga emotiva”.

“A nossa função é concretizar estes projetos e é isso que nos dá vontade e paixão para continuar e faz com que nos sintamos completamente realizados”, realça.

Vila Caiz tem condições privilegiadas e soluções para todas as idades, tentámos ter ofertas para que as pessoas possam escolher esta freguesia para viver com qualidade e não procurem apenas os centros”, remata.

Sentimento de gratidão pelas pessoas de Vila Caiz

 

A conversa com António Jorge Ricardo decorreu por vários pontos da freguesia. Num passeio que iniciou na Rua da Pena, e passou pela zona central de Vila Caiz, terminou no alto da Srª da Graça, certamente a joia da freguesia.

Ali, durante os três mandatos de António Jorge Ricardo, foram realizadas diversas intervenções de forma a tornarem este local mais aprazível e deslumbrante para quem o visita.

Foi criado um miradouro, localizado junto à Capela de Nossa Senhora da Graça que aos olhos do presidente, e certamente de todos os que por ali passam, “é um dos mais belos locais do concelho de Amarante”.

Um local no alto da freguesia que convida a desfrutar das belas paisagens no largo horizonte dos concelhos limítrofes. Um local onde são promovidas atividades, tanto religiosas como culturais, ao longo de todo o ano, tornando-o um “excelente espaço de lazer”.

Nesta viagem pelas obras e locais mais emblemáticos de Vila Caiz, o presidente não deixou de falar no percurso pedonal que está a ser concretizado desde Amarante até Vila Caiz pela margem direita do Rio Tâmega. Com esta obra tornar-se-á possível passear e viver experiências únicas ao longo de quase sete quilómetros.

O futuro e as perspetivas do ainda presidente da Junta

Tudo indica que Outubro será o mês das eleições autárquicas e que marcarão para António Jorge Ricardo o fim da presidência na Junta de Vila Caiz. Diz-se orgulhoso de ter, ao longo dos últimos 12 anos, presidido esta terra.

“Ter sido presidente desta freguesia foi, com certeza, uma experiência que nunca esquecerei. Hei de sempre agradecer aos habitantes de Vila Caiz por terem confiado em mim e na minha equipa, desde o início, e por me darem a oportunidade de trabalhar por esta terra onde nasci, cresci e me tornei adulto”, acentua.

Confidencia que gostaria de ter alcançado mais feitos, mas sempre tentou retribuir da melhor forma a quem sempre acreditou nele. Por isso, os laços, a proximidade, os convívios e os afetos é o que guarda desta experiência exigente, mas gratificante.

Apesar de terminar as suas funções enquanto presidente, António Jorge Ricardo vai “continuar atento” e “com o mesmo empenho e mesma vontade” de ambicionar uma freguesia com objetivos e futuro promissor.

Independentemente de quem o possa suceder, espera que assuma este cargo com “mais força e vontade”.

Numa conversa solta e agradável, o presidente da Junta de Freguesia de Vila Caiz não quis deixar passar a oportunidade para congratular toda a equipa que o acompanhou ao longo de mais de uma década. Destaca que só com o empenho e dedicação de todos, foi possível levar os projetos para a freguesia a bom porto.

Lembrou que em 2009 o inspirava a frase de Fernando Pessoa: “tenho em mim todos os sonhos do mundo”. Como confessou, muitos destes sonhos foram bem-sucedidos, outros nem tanto. Mas fica a certeza de que sempre trabalhou em prol da população de Vila Caiz.