fbpx
Luís Filipe Castro Mendes

Luís Filipe Castro Mendes recebeu Grande Prémio Poesia Teixeira de Pascoaes

A cerimónia de entrega do Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes a Luís Filipe Castro Mendes decorreu no Salão Nobre da Câmara Municipal de Amarante.

“Hoje celebramos a vida e a obra deste nosso concidadão que se dedicou às letras, à poesia, ao estudo das leis, à diplomacia e à política. Uma vida completa, rica e honorável, que revela um embaixador da portugalidade e da língua de Camões, para
além da sua distinta ação enquanto Ministro da Cultura”, afirmou o presidente do Município de Amarante. José Luís Gaspar – que presidiu a cerimónia onde também estiveram Isabel Cristina Mateus, porta-voz do júri, e José Manuel Mendes, presidente da Associação Portuguesa de Escritores – realçou ainda que “esta distinção transforma Luís Filipe Castro Mendes num embaixador de Amarante, honrando com categoria e elevação este prémio e o seu aclamado Poeta”.

A obra “Poemas Reunidos”, editada em 2018 pela Assírio & Alvim, foi eleita por unanimidade pelo júri constituído por Clara Rocha, Isabel Cristina Mateus e José́ Tolentino Mendonça.

No discurso de encerramento, onde lembrou Teixeira de Pascoaes, Agustina Bessa-Luís e Sophia de Mello Breyner Andresen, o galardoado Luís Filipe Castro Mendes disse: “Tem um especial significado receber este prémio em Amarante. Se alguma coisa descobri na minha passagem pela política foi a importância das autarquias no trabalho e na criação de uma rede cultural no nosso país. Agradeço profundamente esta distinção.”

Na 6.ª edição, o Grande Prémio de Poesia Teixeira de Pascoaes resulta de uma parceria virtuosa entre a Associação Portuguesa de Escritores e o Município de Amarante. De caráter bienal, é patrocinado pela Câmara Municipal e tem um valor monetário de 12.500 euros.