fbpx
Câmara de Amarante

Câmara de Amarante focada no investimento e atratividade do território

O presidente da Câmara Municipal de Amarante, José Luís Gaspar, acedeu, no âmbito das comemorações dos 20 anos da Associação Empresarial de Vila Meã, a uma entrevista alargada, no Salão Nobre do Município, para o Jornal de Vila Meã.

Ao longo de uma hora de conversa o presidente da Câmara de Amarante aborda os principais temas da atualidade que mexem com Vila Meã. Uma entrevista para ver e ouvir na íntegra no site do Jornal de Vila Meã.

A abrir a conversa, José Luís Gaspar, congratulou-se com a comemoração de duas décadas de existência da Associação Empresarial de Vila Meã, assinaladas em outubro de 2020, e pelo trabalho desenvolvido, considerando que “já é um percurso muito interessante que a associação tem vindo a fazer”.

“Esta associação sempre foi parceira e sempre foi muito atenta no sentido de alertar para várias necessidades do território”, acrescentou, realçando que “o movimento associativo é muito importante, é isso que faz com que a sociedade civil se mobilize e desenvolvam novos projetos”.

Entrevista com José Luís Gaspar, presidente da Câmara Municipal de Amarante

O autarca concretiza esta dinâmica associativa na relação de proximidade e cooperação que existe entre as duas associações empresariais do concelho que acrescenta, na sua opinião, valor e estimula a dinâmica do território: “Tanto a Associação Empresarial de Vila Meã, como a Associação Empresarial de Amarante tem vindo a trabalhar em conjunto em várias dinâmicas e em várias causas, como tão bem assistimos no período natalício, em que atendendo à difícil conjuntura que o comércio e restauração estavam a passar, estiveram irmanadas num movimento e numa causa de apelo e incentivo para que o comércio continuasse a subsistir”.

Das associações empresariais o presidente da Câmara espera “cada vez mais, um maior envolvimento”.

Ainda no domínio da dinamização económica, José Luís Gaspar fala do trabalho “superior” que a InvestAmarante, enquanto recurso e divisão do município, tem vindo a desenvolver.

“Acreditamos que dentro de pouco tempo teremos evidências claras do trabalho que tem vindo a ser feito na questão da atratividade do investimento em Amarante, nomeadamente da indústria transformadora”, afirmou, explicando que a InvestAmarante tem vindo a fazer toda a articulação com a sociedade civil, o movimento associativo, o IET e com todas as entidades, no sentido de desenvolver a atratividade do investimento no território.