fbpx
Nova Unidade Pastoral

Nova Unidade Pastoral provoca mudanças nas paróquias

O Bispo Auxiliar do Porto, D. Armando Esteves Domingues, reuniu, na passada sexta-feira, na igreja de Real, com os grupos paroquiais de Ataíde, Oliveira, Real, Mancelos e Travanca, para esclarecer os novos contornos de organização que sustentarão a nova Unidade Pastoral que a Diocese do Porto está a implementar, num modelo experimental e pioneiro, nesta região da Vigararia de Amarante. Refira-se que, na semana anterior, já tinha reunido, na igreja de Fregim, com os grupos das paróquias de Banho, Carvalhosa, Vila Caiz, Louredo e Fregim.

A Unidade Pastoral, definida pela Diocese do Porto, compreenderá as paróquias de Real, Banho, Carvalhosa, Vila Caiz, Louredo, Fregim, Mancelos, Travanca, Oliveira e Ataíde.

Foram nomeados pelo Bispo do Porto, D. Manuel Linda, para assumir em unidade a paroquialidade destas comunidades os padres Mário Jorge Ferreira e António Jorge Oliveira, auxiliados pelo diácono permanente António José Abreu e o diácono estagiário, José Pedro Novais.

A nova Unidade Pastoral assume a denominação de Vale do Odres e Tâmega e surge como desafio à necessidade de “identificar perspectivas que permitam renovar as estruturas paroquiais «tradicionais» em chave missionária, porque o território já não é só um espaço geográfico delimitado, mas o contexto onde cada um exprime a própria vida feita de relações, de serviço recíproco e de tradições antigas”.

“A paróquia é chamada a acolher os desafios do tempo para adequar o seu próprio serviço às exigência dos fiéis e das alterações históricas. Assim, a paróquia é convocada a encontrar outras modalidades de vizinhança e de proximidade no que diz respeito às actividades habituais”, refere nota distribuída às comunidades paroquias a explicar os fundamentos da nova Unidade Pastoral, considerando que “tal tarefa não é um fardo a suportar, mas um desafio a acolher com entusiasmo”.

“A fim de valorizar uma acção evangelizadora de conjunto e um cuidado pastoral mais eficaz, convém que se constituam serviços pastorais comuns para determinados âmbitos (por exemplo catequese, caridade, pastoral da juventude ou familiar) para as paróquias da Unidade Pastoral, com a participação de todos os membros do Povo de Deus, clérigos, consagrados e fiéis leigos”, esclarece nota explicativa para a constituição, nestas paróquias da área envolvente de Vila Meã, da primeira Unidade Pastoral da Diocese do Porto.

Novos horários Eucaristias

Com a apresentação da nova equipa sacerdotal nas dez comunidades paroquias, que constituem a nova Unidade Pastoral de Vale do Odres e Tâmega, concretizam-se algumas mudanças na pastoral e organização das paróquias, nomeadamente a implementação de novos horários das celebrações eucarísticas.

Estas mudanças só ficam concluídas com a entrada dos novos párocos nas comunidades de Mancelos e Travanca, em celebrações previstas para o próximo domingo, dia 20 de setembro, às 15H30, no Mosteiro de Mancelos, e às 17h30, no Mosteiro de Travanca.

 

Horários das Eucaristias

Ao sábado

  • 8h30 (alternadamente) : Capela Pidre/ Passinhos
  • 8h30 (alternadamente) : Capela Gateira/ Manhufe
  • 17h30 : São Pedro Ataíde
  • 18h30 : São Romão Carvalhosa
  • 19h00 : Divino Salvador Travanca
  • 20h00 : São João Baptista Louredo

Ao domingo

  • 8h00 : São Miguel Vila Caiz
  • 8h00 : São Martinho Mancelos
  • 9h30 : Santa Maria Fregim
  • 9h30 : São Paio Oliveira
  • 11h00 : Santa Eulália Banho
  • 11h00 : Divino Salvador Real