fbpx
Presidente da Câmara

Presidente da Câmara Amarante lamenta comportamento político PS

O presidente da Câmara Municipal de Amarante, José Luís Gaspar, lamenta o comportamento político do Partido Socialista local, considerando que “enveredou pelo caminho do combate político sem elevação, procurando, de forma mais ou menos velada, lançar dúvidas sobre a nossa conduta e confundir os eleitores”.

“A política sem risco é uma chatice, mas sem ética é uma vergonha”, é com esta citação do fundador e líder histórico do PSD, Francisco Sá Carneiro, que o edil amarantino acentua ao reagir às mais recentes acusações públicas do PS Amarante nas redes sociais.

“Todos estarão lembrados da encenação montada, no início do ano passado, com o objetivo de enganar os Amarantinos acerca da situação financeira do município, procurando passar a ideia de que Amarante estava falida – ora, este assunto não teve qualquer desenvolvimento pelo simples motivo de, como dissemos na altura, se tratar de uma mentira descarada”, recorda.

“Agora – e talvez porque estamos praticamente a um ano das eleições -, voltam a procurar instalar dúvidas, desta vez, de caráter técnico e burocrático-administrativo”, acrescenta José Luís Gaspar, lamentando que “as mentiras e acusações sem fundamento estão a ser distribuídas pela comunicação social na expectativa de verem o que acontece”.

O presidente da Câmara de Amarante enfatiza de condenável “esta tentativa de instrumentalização dos jornalistas”.

“Mas estamos certos de que os profissionais percebem que estão a ser manipulados. E quando assim é, e este PS Amarante percebe que não alcança as suas pretensões, reduzem-se ao ruído possível nas redes sociais, abdicando da dignidade que o debate político merece”, anota.

“Nós, cá estamos para responder a todos, diretamente ou recorrendo às instâncias próprias sempre que tal se justifique”, conclui.