Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
sk6Kg4md7d0

Para assinalar o lançamento deste relatório, a ANP|WWF apresenta hoje também a Pyros Collection, um conjunto de peças de mobiliário desenhadas e produzidas pelo arquiteto Nuno Lacerda (CNLL Architects) a partir de madeira queimada. Uma iniciativa que visa, sobretudo, não deixar as tragédias recentes caírem no esquecimento.

A Pyros Collection, uma ideia criativa da agência FCB Lisboa, pretende alertar os nossos governantes para o problema que persiste e incentivá-los a apostarem na prevenção. Trata-se de um conjunto de peças de mobiliário com design moderno e nomes alusivos ao tema, como a mesa Ignis (incêndios), o banco Lacrimae (lágrimas) ou a mesa Devastio (devastação). Para Nuno Lacerda, conhecido autor e editor multidisciplinar nas áreas da arquitetura, design e cenografia, esta coleção ‘é uma espécie de anti design, apresentando um conjunto de peças que, em vez de gerar conforto, pretende gerar desconforto’.

As peças estarão em exposição de 25 de junho a 11 de julho no átrio central do centro comercial Alegro Sintra.

João Remondes, Líder de Transformação e Impacto Positivo da Ceetrus, sublinha que “a Ceetrus Portugal acolhe esta exposição com o objetivo de colaborar na sensibilização para a problemática dos incêndios, nomeadamente a importância da sua prevenção. O impacto dos incêndios para as comunidades, ecossistema e economia são avassaladores, e cabe a todos nós ter um papel ativo neste alerta e fazer parte da solução. É neste seguimento, que nos unimos à ANP|WWF e abrimos o nosso espaço a esta exposição, afirmando o compromisso da Ceetrus

em contribuir para um mundo mais sustentável, e impulsionar ações concretas e transformadoras das atitudes que venham a resultar num impacto positivo para toda a comunidade”.

O catálogo completo pode ser visto em www.natureza-portugal.org.