O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Proteção Ambiental de Amarante, no dia 24 de janeiro, procedeu à recolha de um milhafre ferido (Milvus), no concelho de Amarante.

No âmbito de uma chamada telefónica para o Núcleo de Proteção Ambiental de Amarante a informar que na localidade de Gondar se encontrava um milhafre ferido com uma asa partida, os militares deslocaram-se de imediato ao local, onde efetuaram a recolha de um Milhafre (Milvus).

Esta ave de rapina, é uma espécie protegida pela Convenção de Berna – Convenção sobre a Vida Selvagem e os Habitats Naturais na Europa, e pela Convenção de Washington, também conhecida por CITES – Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção.

O milhafre foi entregue no Parque Biológico de Vila Nova de Gaia, onde foi sujeito a um exame médico-veterinário, para efeitos de recuperação e posterior libertação ao seu habitat natural.

GNR PORTO